Visitação à Gruta Lapa Nova continuará suspensa por tempo indeterminado

Imagem extraída do Portal Minas Gerais

A pandemia de COVID-19, doença causada por um tipo de coronavírus, descoberto em 31 de dezembro de 2019 na China, levou o Instituto Estadual de Florestas (IEF) a suspender a visitação às unidades de conservação gerenciadas pelo órgão em Minas Gerais.

A Gruta da Lapa Nova, Monumento Natural e um dos principais pontos turísticos de Vazante, está entre as unidades. A visitação está suspensa por tempo indeterminado, conforme determinação do Órgão e da Secretaria Municipal de Cultura, Esportes, Lazer e Turismo local.

A Gruta da Lapa Nova só poderá receber visitantes após a liberação do órgão estadual.  Sua área abriga a sexta maior caverna em extensão de Minas. Segundo o Estado, a área do Monumento Natural é de 79,0471 hectares e engloba, além da Gruta Lapa Nova, duas outras cavidades, a Lapa Nova 2 e Lapa da Gameleira.

Atualmente, o IEF administra 92 unidades de conservação no Estado, das quais 21 são abertas ao uso público. A suspensão da visitação tem como objetivo evitar que aglomerações de pessoas possam favorecer a transmissão do vírus e agravar a situação de Minas Gerais quanto à Covid-19.

Além disso, as unidades recebem visitantes de diversos estados do país, o que também poderia aumentar a circulação do coronavírus.

Por Anderson Franque / Montanheza FM 93.5

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Fechar Menu