Vereador tem mandato cassado na Câmara de Lagoa Grande

A Câmara Municipal de Lagoa Grande cassou, na sessão do dia 24 de agosto de 2020, o vereador João Paulo de Souza, apontado como braço direito do atual prefeito Edson Sabino. O projeto de resolução da cassação teve seis votos favoráveis e dois contrários.

O vereador foi alvo de uma CPI que investigou o acúmulo ilícito dos cargos, pois, João Paulo de Souza atuava como vereador, chefe de gabinete do prefeito Edson Sabino e professor de Sociologia do Estado.

O vereador é acusado também de falsificação de documentos públicos, que segundo o relatório final da CPI ficou comprovado que o vereador se utilizou de diploma falso para tomar posso no cargo de professor de sociologia do Estado.

O vereador também responde a um processo administrativo na Superintendência Regional de Ensino sobre utilização de documentos falsos para tomar posse no cardo de professor do Estado.

A Câmara notificou a Justiça Eleitoral, que irá indicar o nome do suplente para ocupar a vaga deixada por João Paulo de Souza.

Fonte: Sputnik Voz do Povo

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Fechar Menu