Vazante vence time de Patos de Minas e está classificado para quartas de final da Copa Amapar

Os selecionados de Vazante viveram uma tarde e início de noite memoráveis neste sábado (13), no Gigante da Colina, contra o Pontapé Inicial de Patos de Minas, base da URT. Os anfitriões precisavam vencer por pelo menos dois gols de diferença para levarem a decisão para os pênaltis, já que no jogo de ida haviam perdido por 2 a 0 na capital do milho.

Diante de um grande público — num dia chuvoso — os vazantinos pressionaram desde o início da primeira etapa, abrindo o marcador com Michel e ampliando com Danilinho no segundo tempo. Os comandados de José Robson perdiam muitas oportunidades, diante de um jogo tenso, muito disputado em cada lance e, mesmo tendo o domínio da partida, levou o gol que dava a classificação aos rivais.

Com o placar adverso, Vazante não se desequilibrou e voltou a abrir a vantagem necessária para empatar o placar agregado. Mais uma vez, Danilinho, o nome do jogo, tratou de balanças as redes. Era o segundo dele, o terceiro dos donos da casa que continuaram buscando o saldo necessário para passarem de fase sem a necessidade das batidas na marca da cal; o que não aconteceu, quando o árbitro deu números finais aos acréscimos.

Na cobrança dos penais, Ian, Dudu, Danilinho, Michel, Vítinho e Matheus Liliu aproveitaram cem por cento e para a alegria do público presente, a equipe patense desperdiçou uma batida nas alternadas, colocando a bola na trave.

Classificado, o Vazante Esporte Clube enfrentará o Douradoquara EC pelo jogo de ida das quartas de final no dia 27, no estádio Gigante da Colina e decide a vagas nas semifinais jogando fora de seus domínios, em 4 de maio.

Fonte : Correio Regional




Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Senado aprova MP da Liberdade Econômica

Proposta enviada pela Câmara permitia trabalho aos domingos e feriados com regras diferentes da CLT. O Senado Federal aprovou, nesta quarta-feira (21), a medida provisória

Fechar Menu