Terceiro suspeito de crime em Vazante é localizado; Polícia diz que caminhonete seria vendida por 30 mil

Mais um suspeito de envolvimento no crime de roubo em Vazante foi conduzido à Delegacia de Polícia Civil na cidade de Paracatu, nesta terça-feira (16). Uma denúncia na parte da manhã levou a polícia até um rapaz de 21 anos.

De acordo com a denúncia, um rapaz, morador do bairro Alto do Açude, em Paracatu, tinha sido o responsável pelo transporte dos autores do crime, usando seu veículo VW/Gol Rallye, amarelo.

A polícia foi até o local e constatou que o veículo estava na garagem. Ao ser questionado sobre, ele negou a participação no roubo. Perguntado sobre a localização do seu celular, ele disse à polícia que o compartilhava com sua namorada e que estava com ela.

A namorada do suspeito negou os fatos e disse que recebeu mensagens do namorado pelo WhatsApp no dia do roubo. Em uma mensagem, por volta das 15h52, ele dizia que estava indo em uma roça. Já por volta das 19h, em outra, ele pedia que ela avisasse aos parentes que iria demorar.

Militares de Vazante iniciaram buscas por imagens nas câmeras de segurança para verificar se o veículo do suspeito estava naquela data na cidade. As câmeras registraram que o mesmo veículo transitou nas proximidades do local do crime às 21h16, daquele dia.

O suspeito foi conduzido até a presença da autoridade policial para prestar esclarecimentos e o veículo removido ao pátio credenciado do Detran.

De acordo com a polícia, a caminhonete roubada tinha como destino o estado de Goiás, onde seria clonada e o receptador pagaria R$ 30 mil pelo veículo.

Anderson Franque/Rádio Montanheza 93.5 com informações do Giro Policial

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Senado aprova MP da Liberdade Econômica

Proposta enviada pela Câmara permitia trabalho aos domingos e feriados com regras diferentes da CLT. O Senado Federal aprovou, nesta quarta-feira (21), a medida provisória

Fechar Menu