Sindicato estima que setor de bares, lanchonestes e restaurantes em Patos de Minas perdeu 900 empregos na pandemia

Segundo ele, a cidade possui aproximadamente 500 estabelecimentos listados na categoria de bares, restaurantes e lanchonetes.

O presidente do Sindicato dos Hotéis, restaurantes, bares e similares de Patos de Minas – SINDHORB –  Breno Palhares – estima que o setor tenha perdido cerca de 900 empregos durante a pandemia da Covid-19. Segundo ele, a cidade possui aproximadamente 500 estabelecimentos listados na categoria de bares, restaurantes e lanchonetes. 

Nessa terça-feira (25), representantes do SINDHORB se reuniram com o presidente do Comitê Municipal de Enfrentamento à Covid-19, Célio Adriano em busca de alternativas para o funcionamento das empresas do setor. Atualmente os bares, restaurantes e lanchonetes podem funcionar com consumo no local até às 22 horas durante a semana e até às 24 horas nos finais de semana e feriados.

O protocolo proíbe que os bares e restaurantes tenham atrações como música ao vivo ou parquinho para crianças. Também estão proibidos self-service e o rodízio. Para o presidente do SINDHORB é possível tornar o protocolo mais flexível sem aumentar o risco de contaminação. Ele sugeriu proibir a permanência de clientes em pé e, no caso do self-service, designar um funcionário para servir o cliente.

As propostas apresentadas serão levadas ao Comitê Municipal e, se aprovadas, serem incluídas no protocolo de funcionamento dos bares , restaurantes e lanchonetes de Patos de Minas.

Patos Hoje

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Fechar Menu