Produção industrial cresce em Minas e puxa geração de empregos

A participação da indústria na geração de empregos no Brasil e em Minas cresceu desde o início da pandemia. Dados da Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg) mostram que, de março de 2020 a setembro de 2021, foram gerados 2,4 milhões de postos de trabalho no país, sendo 663,8 mil (26,9%) atrelados à indústria. No mesmo período, em Minas, foram 308,9 mil, dos quais 41.961 (29,4%) diretamente ligados ao setor. Em 2019, no acumulado de 12 meses, foram 31 mil vagas.

A geração de empregos é reflexo de como o segmento industrial aumentou também a própria participação no Produto Interno Bruto (PIB) do país e do Estado.

O PIB da indústria deve aumentar 3,43% no país neste ano. Em Minas, esse impulso chega a 10,15%. Os destaques são a indústria extrativa mineral, que deverá registrar crescimento de 2,68% em nível nacional e de 16,08% no âmbito estadual; e a indústria de transformação, que deve fechar o ano com avanço de 3,61% no país e de 11,81% em Minas. Ambos os setores são seguidos pela indústria da construção, com crescimento nacional de 6,86% e estadual de 9,04%.

Em se tratando da produção industrial, a Fiemg apurou que, no acumulado deste ano até outubro, o resultado de Minas (12%) fica atrás apenas de Santa Catarina (13,8%). No entanto, levando em conta o período entre fevereiro de 2020 e outubro de 2021, a produção industrial mineira (3,8%) registra o melhor desempenho do Brasil.

Fonte: Hoje em Dia

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn