Prefeitura de Patos de Minas prorroga Estado de Calamidade Pública em virtude da Covid-19

A medida foi aprovada pela primeira vez em abril do ano passado e foi prorrogada até 30 de junho de 2021, mas o município não conseguiu controlar por completo a pandemia da Covid-19.

O prefeito Luís Eduardo Falcão encaminhou à Câmara Municipal o Projeto de Lei Complementar que “Prorroga o prazo de vigência do estado de calamidade pública no Município de Patos de Minas. A medida foi aprovada pela primeira vez em abril do ano passado e foi prorrogada até 30 de junho de 2021, mas o município não conseguiu controlar por completo a pandemia da Covid-19.

Na justificativa da prorrogação da vigência do Estado de Calamidade Pública, a Administração Municipal explica que o número de casos de Covid-19 continua alto em Patos de Minas e com percentual elevado de ocupação dos leitos de UTIs.  “Todavia, como não tivemos redução do número de casos e do percentual de ocupação dos leitos hospitalares, se faz necessária a prorrogação deste prazo, possibilitando, assim, que sejam tomadas as medidas necessárias de enfrentamento da pandemia”, justifica a Administração Municipal.

O Estado de Calamidade Pública permite que a Prefeitura adote medidas urgentes no combate à pandemia, como aquelas relacionadas à contratação de pessoal para trabalhar na linha de frente, em especial no Hospital de Campanha.

O Projeto de Lei Completar está na pauta da reunião ordinária da Câmara Municipal de Patos de Minas, marcada para esta quinta-feira (24) a partir das 14h. A reunião terá a participação do Professor Dr. Henrique Carivaldo de Miranda Neto, Pró-Reitor de Ensino, Pesquisa e Extensão do UNIPAM que fará a apresentação do curso de pós-graduação em Gestão Pública.

Também participam da reunião os representantes da Copasa em Patos de Minas Saulo de Lima Bernardes, Gerente Regional e Júlio Cézar Caetano, Engenheiro e Encarregado Sistema, que vão explicar sobre as obras que estão sendo realizadas pela Companhia na cidade.

Patos Hoje

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn