Prefeitura começa a montar Hospital de Campanha para atender vítimas da Covid-19

O município de Patos de Minas contabilizava 6 casos confirmados de coronavírus, sendo uma morte causada pela doença

A Prefeitura Municipal de Patos de Minas começou a montar um Hospital de Campanha na manhã desse sábado (11) para atender pacientes com Coronavírus. A nova estrutura vai ficar no Centro Clínico do Unipam, na avenida Marabá. Ainda não há uma data para o início das atividades.

Até a manhã desse sábado (11), o município de Patos de Minas contabilizava seis casos confirmados de coronavírus, sendo uma morte causada pela doença. Os números são relativamente baixos, mas as autoridades de saúde ainda temem um avanço da Covid-19 nos próximos dias, o que poderia causar um colapso no sistema de saúde. De acordo com a Secretaria de Estado de Saúde de MG, há 207 casos de coronavírus sendo investigados na cidade. 

Com a instalação do Hospital de Campanha, Patos de Minas vai ganhar 40 novos leitos. Camas e colchões estão sendo montados, mas ainda não é possível afirmar que todos eles estarão equipados com respiradores. A Prefeitura enfrenta dificuldades para adquirir esses equipamentos. Além do preço ter saltado de R$ 60 mil para R$ 160 mil, não tem sido fácil encontrar respiradores do mercado.

O prefeito José Eustáquio agradeceu à Fundação Educacional de Patos de Minas e ao Unipam que são parceiros na montagem do Hospital de Campanha. “O primeiro Hospital de Campanha com quarenta leitos sendo implantado hoje no Centro Clínico, na Avenida Marabá. Agradecemos a importante parceria da FEPAM/UNIPAM”, publicou o chefe do Executivo.

Ele anunciou também que o município irá receber 394 testes rápidos para a detecção do coronavírus. O município já havia adquirido 1.000 testes em laboratório particular que começarão a ser feitos a partir de segunda-feira.

Patos Hoje

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Fechar Menu