Prefeito fala sobre acordo proposto ao Estado para pavimentação da LMG-706, em Vazante

Nesta terça-feira (17), em entrevista à Rádio Montanheza, o prefeito Jacques Soares Guimarães (PSD) criticou algumas falas do governador de Minas Gerais, Romeu Zema (NOVO), ditas em uma entrevista concedida à emissora na segunda-feira (16). Na ocasião, por telefone, Zema falou sobre repasses ao município na área da Saúde, das obras e recuperação de trechos das rodovias que cortam a região e da manutenção da LMG-706, que liga Vazante à BR-040.

O Prefeito falou sobre uma reunião com Zema em Belo Horizonte, no dia 26 de abril, quando apresentou propostas para viabilizar a pavimentação da rodovia LMG-706. Para o Governo do Estado, as propostas previam redução de 50% no custo com a pavimentação de 35 km da estrada, trecho vai até a região de Riacho da Areia (Cabeludo).

Contudo, durante a sua participação na Rádio Montanheza, o governador não demonstrou que fará um acordo com o município para a execução da obra, o que gerou surpresa ao Prefeito.

Conforme Jacques Soares, a obra seria executada em parceria com empresas e produtores rurais, sendo que o município disponibilizaria o maquinário, cascalho e brita, além de apoio logístico. Nesse caso, o Estado que se responsabilizaria por 50% da obra, deveria autorizar a participação do município aceitando o acordo.

Ouça à entrevista completa com Jacques Soares a seguir.

Prefeito Jacques Soares Guimarães PARTE 1
Prefeito Jacques Soares Guimarães PARTE 2

Por: Anderson Franque / Montanheza FM 93

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn