Polícia diz que condutor que provocou acidente na MGC-354 tinha feito uso de bebida alcoólica

O acidente aconteceu na noite do último domingo (04/10), na MGC-354, próximo à Ponte Três Barras, em Presidente Olegário. E quase uma semana depois as três vítimas continuam internadas. A Polícia Militar Rodoviária confirmou nesta quinta-feira (08), que o motorista que causou a batida estava embriagado.

De acordo com o Capitão Pinho que comanda a PRE, quem dirigia o veículo Vectra, era E.S.M. Inicialmente disse que, R.T., estaria conduzindo o carro pela contramão, mas a PM apurou que ela estava no banco do passageiro. O trecho onde aconteceu a colisão frontal é de ultrapassagem proibida.

Ainda de acordo com o Capitão Pinho, E.S.M., se recusou a fazer o teste do etilômetro, mas os policiais constataram o estado de embriaguez, devido aos sintomas apresentados, como a pupila dilatada e o hálito etílico. O motorista admitiu ter consumido 3 latas de cerveja, mas a polícia acredita que ele tenha bebido ainda mais, por causa do seu comportamento agressivo, dando muito trabalho aos socorristas que o atenderam.

O homem também relatou que ele e a namorada voltavam de uma cachoeira em Presidente Olegário, quando aconteceu o acidente. Ele foi preso em flagrante pelo crime de trânsito, mas pagou fiança e foi liberado.

Os familiares que estavam na Parati continuam internados. O motorista, A.S., de 60 anos, terá que passar por cirurgia no fêmur. A esposa, M.D.S., de 48 anos, precisa realizar procedimentos cirúrgicos no femur, maxilar e na bacia. A filha do casal, de 7 anos de idade, também permanece sob cuidados médicos.

Patos Já

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Fechar Menu