Polícia Civil desarticula grupo criminoso envolvido no furto de ouro de mineradora em Paracatu

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) realizou na manhã desta quarta-feira (22), a Operação Gol Contra, com o objetivo de desarticular uma quadrilha especializada em furto de ouro em Paracatu.

Ao todo, foram expedidos 14 mandados de prisão preventiva e 27 de busca e apreensão, com a participação de 70 policiais civis do 16º Departamento de Polícia Civil em Unaí. Um helicóptero da PC, deu apoio aos policiais durante o cumprimento dos mandados de prisão. 

De acordo com o delegado Doutor Tiago Veiga Ludwig, 12 pessoas foram presas preventivamente e uma mulher presa em flagrante por posse ilegal de arma de fogo.

Durante a operação, foram apreendidas duas armas de fogo, uma quantidade de ouro inatura e material para processamento do ouro. Entre os presos, estão sete funcionários de da mineradora Kinross.

As investigações que duraram 11 meses, onde desarticulou uma quadrilha criminosa com envolvimento de funcionários da Kinross que extraía do solo o ouro in natura da mineradora e repassava para beneficiários que revendia para joalherias da cidade.

Fonte: Paracatu News

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Senado aprova MP da Liberdade Econômica

Proposta enviada pela Câmara permitia trabalho aos domingos e feriados com regras diferentes da CLT. O Senado Federal aprovou, nesta quarta-feira (21), a medida provisória

Fechar Menu