Período de seca reforça necessidade de cuidados para prevenção à febre maculosa

SES / Divulgação

Carrapato é o principal vetor de transmissão da doença, que é comum tanto em áreas rurais quanto urbanas 

Com a chegada do período de seca, característico dos meses de abril a novembro, é preciso reforçar os cuidados para prevenção à febre maculosa. A doença infecciosa é transmitida através da picada de carrapatos infectados.

Em 2022, até o momento, não foram confirmados casos de Febre Maculosa em Minas Gerais. Já em 2021, foram 38 casos e 12 óbitos.

Os sintomas da doença aparecem, em geral, no período de 2 a 14 dias após contato com carrapatos: febre, dor de cabeça, dores no corpo, náuseas, vômitos, acompanhados ou não de manchas avermelhadas na pele.

Em caso de sintomas, a recomendação é procurar imediatamente a Unidade Básica de Saúde mais próxima.

Fonte: Agência Minas

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn