Patos de Minas: Nível do Rio Paranaíba chega próximo de 6,5 metros acima do normal e preocupa Defesa Civil

Medida feita na manhã desta terça-feira (28) mostra que o volume de água aumentou muito nos últimos dias, ultrapassando a marca de 6,40 metros acima do nível normal no trecho que corta Patos de Minas.

As chuvas que caíram em abundância nos últimos dias na região fizeram elevar o nível do Rio Paranaíba. Medida feita na manhã desta terça-feira (28) mostra que o volume de água aumentou muito nos últimos dias, ultrapassando a marca de 6,40 metros acima do nível normal no trecho que corta Patos de Minas.

A Defesa Civil está monitorando a cheia do Rio Paranaíba. Com nível de 6,5 metros acima do normal, o Rio começa a transbordar e a atingir áreas de vegetação. Com oito metros acima do normal, o Paranaíba provoca o represamento do Córrego do Monjolo que transborda e inunda casas na região da Vila Rosa. 

A preocupação da Defesa Civil é porque as chuvas devem continuar caindo na região de Patos de Minas esta semana. Na tarde de ontem, a Defesa Civil estadual emitiu alerta com previsão de chuvas de até 120 milímetros nesta terça-feira (28) e quarta-feira (29). Esse volume de chuvas seria suficiente para fazer o Rio Paranaíba encher ainda mais.

As pessoas que moram em áreas de risco devem ficar atentas. O alerta da Defesa Civil é principalmente para as pessoas que moram em áreas de encosta. O Estado de Minas já contabiliza 50 mortos em cidades atingidas pelos temporais. Mais de 17 mil pessoas estão desabrigadas ou desalojadas. 

Campanha pelos desabrigados 

Patos de Minas faz parte da lista de cidades solidárias às vítimas das fortes chuvas em Minas Gerais. Todos os batalhões de Bombeiros Militar e da Polícia Militar serão postos de recebimento. Em Patos de Minas, ficou definido que, além desses dois locais, os interessados em fazer doações poderão procurar a Secretaria de Desenvolvimento Social, na sede do Cristavo, de segunda a sexta-feira, entre 7 e 18 horas.

Os postos de arrecadação estão recebendo alimentos não-perecíveis e água mineral. Também podem ser doados produtos de higiene pessoal e de limpeza doméstica e colchões. Todos os itens recolhidos serão destinados às famílias vítimas das últimas chuvas em Minas Gerais, especialmente das áreas mais castigadas, como a região metropolitana de Belo Horizonte e cidades do interior do estado.

Patos Hoje

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Fechar Menu