Órgãos sanitários denunciam Hospital São Lucas após médico com suspeita de coronavírus continuar em atendimentos

O profissional teria deixado o quarto onde estava internado para assumir o plantão no domingo

A direção do Hospital São Lucas e um médico de seu quadro de funcionários, foram denunciados ao Ministério Público nessa segunda-feira (20), por órgãos sanitários do município de Patos de Minas. A informação foi confirmada pela prefeitura em texto publicado no site oficial da administração municipal. O profissional teria assumido o plantão, mesmo estando com suspeita de ter sido infectado pelo novo coronavírus.

A publicação diz que no último domingo, o médico que estava internado no HSL deixou o quarto para exercer a função. O caso também foi denunciado ao Conselho Regional de Medicina de Minas Gerais (CRM-MG). Ainda segundo o texto, o profissional teria desrespeitado a legislação sanitária em vigor, já que ao ser abordado, estava apenas com parte dos equipamentos de proteção exigidos.

De acordo com a prefeitura, além de apresentar denúncia ao Ministério Público e ao CRM, o médico e o diretor do hospital também foram notificados pelo município. “Os órgãos sanitários entendem que a conduta deles representa severas ofensas à saúde pública. Ambos poderão responder criminalmente pela atitude”, diz o texto.

A direção do Hospital São Lucas e o médico citado na denúncia, ainda não se manifestaram sobre o caso.

Patos Já

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Fechar Menu