Operação ‘Sentinam’ prende duas pessoas em Paracatu envolvidas em vendas de anabolizantes e remédios controlados

Duas pessoas, de identidades e idades não divulgadas, foram presas pela Operação “Sentinam”, em Paracatu, na última quinta-feira (9). Outras três pessoas foram presas em São Paulo (SP). A ação tem o objetivo de desarticular organização criminosa que vendia esteroides anabolizantes e outros medicamentos de venda controlada no Brasil, por meio de sites na internet.

Ainda foram apreendidos mais de R$ 5 milhões em produtos ilícitos que eram comercializados pelo site, além de telefones, computadores, um carro esportivo de luxo e uma motocicleta.

A Operação “Sentinam” foi deflagrada pela 2ª Delegacia Regional de Polícia Civil de Paracatu, com apoio das Delegacias de Polícia Civil de Lavras e Extrema. Após três meses de investigação, a equipe chefiada pelo delegado regional de Polícia Civil, Tiago Veiga Ludwig, deram cumprimento três mandados de prisão temporária.

De acordo com a polícia, um dos presos em Paracatu é apontado como responsável por gerir o site de vendas de anabolizantes e negociar a compra e venda dos esteroides. Além disso, conforme informações da polícia, ele sustentava alto padrão de vida na cidade.

Já o outro preso era utilizado como “laranja” na movimentação financeira da organização criminosa, segundo a polícia.

Em São Paulo,foram presos em flagrante o responsável por levar as encomendas com os medicamentos para os Correios, e outros dois criminosos que trabalhavam no centro de distribuição das drogas.

G1

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Senado aprova MP da Liberdade Econômica

Proposta enviada pela Câmara permitia trabalho aos domingos e feriados com regras diferentes da CLT. O Senado Federal aprovou, nesta quarta-feira (21), a medida provisória

Fechar Menu