Nova regra da ANEEL deve diminuir custo com iluminação pública nos municípios

A Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) publicou a resolução 2950/2019 que ratifica os tempos a serem considerados para o consumo diário para fins de faturamento da energia elétrica destinada à iluminação pública e à iluminação de vias internas de condomínios por município.

A regra, aprovada em 13 de agosto de 2019, trata das situações em que não há medição instalada da distribuidora e o consumo é estimado a partir da carga instalada e do período de utilização.

Cada município passa a ter um tempo específico para o faturamento da iluminação, variando de 11h22min a 11h29min. Atualmente, o tempo médio geral de iluminação artificial noturna utilizado no faturamento é de 11h52min por dia. A economia para os municípios gira em torno de 3,5%.

O cálculo do tempo específico para os municípios Vazante, Lagamar, Lagoa Grande e Guarda-Mor, por exemplo, é de 11 horas e 27 minutos.

Por Anderson Franque / Rádio Montanheza 93.5

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Fechar Menu