Nexa cria programa para dar destino sustentável ao lixo de Vazante: reciclar e transformar em adubo

A cidade de Vazante produz, todo dia, mais de 12 toneladas de resíduos domésticos. Deste total, cerca de metade é resíduo orgânico compostável (46,44%), como sobras de alimentos, folhas, e galhos e 21,3% é reciclável, como papel e papelão, vidro, metal, plástico etc. Ou seja, quase 70% do resíduo gerado no município poderia ser aproveitado para gerar adubo pela compostagem (resíduo orgânico compostável) ou novas materiais-prima, pela reciclagem.

Hoje, a cidade ainda destina a maior parte para o aterro sanitário municipal, reduzindo sua vida útil e desperdiçando um potencial de gerar renda e novos produtos. Pensando nisso, a Nexa em parceria com a Secretaria de Meio Ambiente de Vazante criou o programa Recicla Aí com duas frentes, a Recicla.aí – Resíduos Sólidos e o Recicla.aí Compostagem, que fortalecem a atuação socioambiental da Nexa em Vazante.

Desenvolvido em parceria com a Secretaria de Meio Ambiente da cidade, o programa vai contribuir com a coleta seletiva no município, promover a economia circular, gerar novas rendas, aumentar o nível de educação ambiental e reduzir custos públicos com a destinação dos resíduos para aterro. Além de melhorar a gestão da associação de catadores e recicladores da região e aumentar a participação da comunidade.

Neste início, a iniciativa distribuiu 100 composteiras domésticas, irá instalar 20 novos pontos de entrega de resíduos recicláveis, denominados de LEVOs e, criará um site personalizado que vai ajudar a população esclarecer suas dúvidas sobre o projeto e a coleta seletiva no município.

Importância dos LEVOs

Os LEVOs são pontos de descarte em que os munícipes poderão levar os recicláveis para coleta, sendo 10 na área urbana e 10 na área rural. Com isto, a estimativa é transformar até 6 toneladas de lixo orgânico em adubo orgânico e reciclar 5 toneladas por mês de vidro, papel e papelão, plástico, metal e outros inicialmente, chegando à 10 toneladas em segundo momento. Além disso, as composteiras transformam o chamado “lixo orgânico” em adubo, com a ajuda de minhocas.

Em sua próxima etapa, o projeto irá escutar a população, a partir de uma pesquisa de opinião, para planejar as melhorias e adotar ações mais alinhadas a necessidade do município. Ao longo de 2022, a expectativa é implantar uma unidade de compostagem para produzir adubo com resíduos orgânicos da cidade, melhorar a estrutura da associação de catadores e otimizar a coleta seletiva junto às campanhas de comunicação e sensibilização dos munícipes.

De acordo com Marina Noronha, com o Recicla.aí, as famílias terão a oportunidade de dar uma nova destinação para o lixo orgânico e melhorar a coleta de recicláveis, que anteriormente iam para o lixo. “Além da questão relacionada a sustentabilidade, o programa é fundamental para disseminar a educação ambiental, o consumo consciente e pensar no futuro de Vazante. Com ele, ampliamos nossa visão geral sobre os resíduos que geramos diariamente e como eles podem se transformar em algo mais sustentável com benefício para todos”, comenta.

Ainda em fase de planejamento e implantação, o programa Recicla Aí terá as seguintes frentes de atuação:

Recicla.aí – Compostagem

  • Compostagem de grandes geradores: Busca criar e iniciar um sistema de coleta seletiva de resíduos orgânicos derivados diretamente de grandes geradores e que serão passarão por compostagem no aterro sanitário onde será construído um local adequado para recebimento deste tipo de resíduo.
  • Compostagem doméstica: Desenvolvimento do projeto piloto com as famílias, tendo a missão de promover a educação ambiental, ampliar o engajamento dos moradores e reduzir resíduos orgânicos domésticos coletados pelo serviço de coleta pública destinados ao aterro sanitário.  

Recicla.aí – Resíduos Sólidos

  • Educação e Comunicação: Trazer conteúdos e informações relevantes a população de Vazante, no que tange à sustentabilidade, meio ambiente e processos de gestão de resíduos sólidos;
  • Operação: Atuação consistente no que diz respeito a coleta, triagem e reciclagem no município;
  • Implantação do sistema: Sistema de Gestão de Resíduos da Trashin em 100% dos agentes envolvidos no processo de reciclagem e treinamento;
  • Parceiros: Buscam garantir a sustentabilidade do processo de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos no município, através de ações pontuais voltadas para a criação e fortalecimento de parcerias estratégicas. 

O desenvolvimento do projeto acontece junto com as consultorias Trashin e Morada da Floresta para atender o Plano de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos, tendo como executora a Secretaria municipal de Meio Ambiente de Vazante e apoiadores como a ADVAZ (Agência para o Desenvolvimento Local Integrado Sustentável de Vazante e Região), CDL (Câmara de Dirigentes Lojistas de Vazante), EMATER (Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Minas Gerais e CODEMA (Conselho Municipal de Desenvolvimento Ambiental.

Sobre a Nexa 

A Nexa Resources é uma das maiores mineradoras de zinco do mundo, além de produzir cobre e chumbo. Atua há mais de 60 anos nos segmentos de mineração e metalurgia, com operações localizadas no Brasil e no Peru e escritórios em Luxemburgo e Estados Unidos, fornecendo seus produtos para todos os continentes do mundo. Seus colaboradores atuam, todos os dias, focados na construção da mineração do futuro, para ser cada vez mais sustentável, inovadora e com as melhores práticas de segurança e respeito às pessoas e ao meio ambiente. Desde 2017, suas ações são negociadas nas Bolsas de Valores de Nova York e Toronto, sendo seu acionista majoritário a Votorantim S.A.

Fonte: BCW

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn