Mulher é encontrada deitada ao lado de namorado após esfaqueá-lo em Lagoa Grande

A Polícia Militar prendeu uma mulher na noite dessa quinta-feira (02) acusada de esfaquear o namorado em Lagoa Grande. A acusada de 49 anos foi encontrada deitada com José Batista Justo da Silva, 53 anos, que estava manchado de sangue. Ele sofreu três golpes de faca e precisou ser encaminhado para o hospital. Ao todo, ele recebeu 25 pontos.

O fato aconteceu na Rua Francelino Luiz, no Bairro Céu Azul, conhecido como Cohab. De acordo com informações da Polícia Militar, durante patrulhamento pelo local, foram acionados por uma testemunha que informou haver uma pessoa esfaqueada em uma residência. Os policiais foram até o local e verificaram manchas de sangue na entrada da casa e uma grande poça de sangue na varanda do fundo.

Diante disso, os policiais entraram na residência e encontraram José Batista e Valdemira deitados na cama. De imediato, a vítima foi levada para o hospital devido à grande quantidade de sangue, sendo atendida pelo médico plantonista que realizou a sutura dos ferimentos, perfazendo um total de 25 pontos. 

José Batista relatou para os policiais que possui um caso com Valdemira há algum tempo e que nessa quinta estava na residência dela ingerindo bebida alcoólica, não sabendo a quantidade exata, sendo que em dado momento, não sabendo o motivo, ela se apoderou de uma faca e lhe desferiu alguns golpes de faca. Ele foi atingido na região da axila, outra no abdômen e uma na região lombar, todas do lado esquerdo. 

Valdemira foi presa em flagrante e, após ser levada até uma unidade médica, encaminhada para a Delegacia de Polícia Civil de Patos de Minas. Ela é bastante conhecida no meio policial, possuindo outras passagens policiais, inclusive por homicídio tentado e lesão corporal. José Batista ficou sob observação médica devido às lesões e perda de sangue.

Patos Hoje

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Fechar Menu