Moradores Nova York processam OMS por ‘negligência’ e ‘acobertamento’ em reação ao Covid-19

Moradores de Nova York, que foi um dos primeiros focos do coronavírus nos Estados Unidos, processaram a Organização Mundial da Saúde (OMS) nesta segunda-feira, acusando-a de grave negligência no acobertamento e na reação à pandemia de Covid-19.

Na ação coletiva proposta, três moradores de Westchester acusaram a OMS de não declarar pandemia no momento correto, não monitorar a reação da China ao surto original, não proporcionar diretrizes de tratamento, não alertar seus membros sobre como reagir, inclusive através de restrições de viagem, e não coordenar uma reação global, destaca o Portal Terra.

Os moradores também acusaram a entidade de conspirar com o governo chinês, que não foi identificado como acusado, para encobrir a gravidade da pandemia no mundo.

A ação civil de Richard Kling e Steve Rotker, ambos de New Rochelle, e Gennaro Purchia, de Scarsdale, foi apresentada no tribunal federal de White Plains, em Nova York.

O processo pede indenizações não especificadas pelo que classifica como dano “incalculável” da OMS aos cerca de 756 mil moradores adultos do condado de Westchester que comporiam os pleiteantes.

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Fechar Menu