Modo de fazer rapadura é registrado como Patrimônio de Natureza Imaterial em Guarda-Mor

O modo de fazer rapadura se tornou Patrimônio Cultural Imaterial no município de Guarda-Mor. O registro saiu através do Decreto 1.033, de 04 de setembro de 2019, do prefeito Edgar José de Lima.

A partir da data ficou decretado o registro de Patrimônio Imaterial do Modo de fazer rapadura da Fazenda São Francisco e da região da Corda em Guarda-Mor/MG, por seu valor histórico, cultural e simbólico no município.

Conforme o decreto, o bem fica sujeito às disposições de proteção estabelecida pela Lei Municipal 1.024 de 29 de julho de 2011.

O registro é um instrumento legal de preservação, reconhecimento e valorização do patrimônio imaterial do Brasil, composto por bens que contribuíram para a formação da sociedade brasileira.

Por Anderson Franque com informações Correio Regional

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Fechar Menu