Mesmo com pandemia, prefeituras da região mantêm cronograma de 13º salário de servidores no Triângulo e Alto Paranaíba

G1 consultou as administrações das maiores cidades da região: Uberlândia, Uberaba, Patos de Minas, Araguari, Araxá, Ituiutaba e Patrocínio.

Apesar da crise provocada pela pandemia da Covid-19, que freou a economia e impactou a arrecadação pública, as prefeituras das principais cidades do Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba afirmaram que vão pagar o 13º salário dos servidores públicos conforme cronograma previsto.

G1 consultou a situação de Uberlândia, Uberaba, Patos de Minas, Araguari, Araxá, Ituiutaba e Patrocínio. Algumas manterão em parcela única, no final do ano, como de costume, outras anteciparão a primeira parcela, como praxe anual. Veja mais abaixo em tópicos por cidade.

Em 2019, um acordo entre a Associação Mineira de Municípios e o Estado, para pagamento de dívida, deu fôlego ao caixa das prefeituras.

Pagamento do 13º salário em 2020

Uberlândia

A Prefeitura do município mais populoso da região informou que, mesmo com a pandemia, o pagamento do benefício se mantém e que vários servidores já receberam a primeira parcela. A Administração explicou que quem faz aniversário no primeiro semestre recebe a primeira parcela no mês de aniversário e quem faz aniversário no segundo semestre recebe no fim de julho. Já a segunda parcela é paga em dezembro.

Uberaba

Na segunda maior cidade da região, não deve haver alteração, mas ainda é avaliada a melhor data para pagamento, informou o secretário de Fazenda, Jorge Cardoso de Macedo.

“Tendo em vista a ajuda financeira do Governo Federal e as medidas de contenção de gastos, não há alteração de cronogramas iniciais; quanto ao pagamento do 13º salário, está sendo estudada a melhor data dentro do fluxo de caixa”.

Araguari

A Prefeitura de Araguari disse que, na cidade, não há parcelamento, mas que está tudo dentro do previsto, inclusive o salário normal.

“Em Araguari, o 13° é pago no mês de dezembro. Quanto ao salário dos servidores, a Prefeitura está efetuando o pagamento regularmente até o 5° dia útil de cada mês”, afirmou a Administração ao G1.

Ituiutaba

Em nota, o Município de Ituiutaba explicou por meio da Secretaria de Finanças e Fazenda que os pagamentos serão, como praxe, em novembro (primeira parcela) e dezembro (segunda parcela). Mas que pode haver mudanças. Contudo, afirmou que, por enquanto, está mantido o cronograma.

“Até o momento estamos mantendo as datas normais e legais para pagamento da primeira parcela em novembro e a outra em dezembro. Caso situação financeira começa a complicar poderá haver uma nova programação , mas por enquanto permanece”, disse a secretária, Eleni Soares Gois.

Araxá

A Prefeitura de Araxá disse que ainda não há previsão de data de pagamento do 13º salário dos servidores municipais, mas reafirmou que está dentro da normalidade e sem alteração.

“Na oportunidade, salientamos que a crise desta pandemia até o presente momento não acarretou nenhuma alteração do cronograma financeiro”, afirmou a Administração.

Patos de Minas

Em Patos de Minas, o benefício será pago em parcela única, no último mês do ano, conforme costume anual da Administração Municipal.

Ao G1, a Secretaria de Finanças e Orçamento informou que “a previsão do pagamento do 13º salário dos servidores municipais é para o mês de dezembro e em parcela única, como acontece todos os anos”.

Patrocínio

O governo municipal de Patrocínio não retornou o contato do G1 até a última atualização desta matéria.

G1

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

Romeu Zema anuncia escala de pagamento

O governador de Minas Gerais, Romeu Zema, anunciou, nesta quarta-feira (28/10), a escala de pagamento dos servidores do Estado em novembro. A primeira parcela, com

Fechar Menu