Leitos de UTI e clínicos do Hospital Regional para atendimento a Covid-19 serão desativados

O processo de desativação da estrutura vem sendo discutido nos últimos dias por representantes de órgãos de saúde do Estado e do município.

Órgãos de saúde preparam a desmobilização dos leitos de UTI e dos leitos clínicos instalados no Hospital Regional de Patos de Minas para atendimentos de casos de Covid-19. O processo de desativação da estrutura vem sendo discutido nos últimos dias por representantes de órgãos de saúde do Estado e do município. 

O Hospital Regional Antônio Dias possui 10 leitos de UTI e nove leitos clínicos reservados exclusivamente para tratamento dos pacientes com Covid-19. No início da pandemia, esta era a única estrutura disponível para atender a região inteira e chegou a ficar sobrecarregada. Agora, com a redução do número de novos casos de coronavírus, de internações e de óbitos, representantes de órgãos de saúde entendem que é hora de desmobilizar os leitos do Hospital Regional para que outros serviços sejam retomados.

A informação é de que existem mais de 1.000 cirurgias eletivas na fila, à espera de atendimento no Hospital Regional, sendo que algumas dezenas delas necessitam de atendimento prioritário.  Com a desmobilização dos leitos clínicos e UTIs para Covid-19, o Hospital Regional poderia retomar e  ampliar o atendimento a esses pacientes.

A prefeitura de Patos de Minas solicitou um tempo maior para que a desmobilização ocorra, mantendo os leitos de Covid-19 do Hospital Regional Antônio Dias funcionando pelo menos até o dia 30 de novembro. Esse deverá ser o último prazo. Com isso, o Hospital de Campanha passará a ser referência para atendimentos de Covid-19 na microrregião de Patos de Minas.

Os leitos instalados nas cidades de São Gotardo, João Pinheiro e Unaí deverão ser mantidos. Além disso, os equipamentos instalados no Hospital Regional deverão ser mantidos para serem utilizados, caso a pandemia volte a se agravar na região.

Patos Hoje

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Fechar Menu