Laudo aponta que Mulher encontrada morta na zona rural de Presidente Olegário foi estrangulada, parceiro é suspeito

Neide Oliveira da Silva , de 47 anos, foi encontrada morta em uma fazenda localizada a 5 km da cidade de Varjão de Minas, na manhã desta quarta-feira (25). Segundo a Polícia Militar (PM), marido da vítima é suspeito do crime.

De acordo com a PM, um trabalhador da fazenda, de 24 anos, relatou aos militares que saiu no dia anterior para passar a ceia de natal na casa do irmão e que, ao retornar para trabalhar, encontrou a vítima já sem vida e seminua próximo à cama. Ele informou ainda que, assustado, acionou a PM e foi procurar o marido da mulher.

O trabalhador ainda relatou à polícia que no momento em que o marido viu a esposa morta se desesperou e saiu correndo do local.

Enquanto registravam o boletim de ocorrência, os militares foram informados que Josué Samuel de Lima , de 40 anos, marido da vítima, tinha dado entrada no pronto-socorro de Varjão de Minas com sintomas de envenenamento e que estava sendo encaminhado ao Hospital Regional de Patos de Minas devido a gravidade.

O perito compareceu no local e informou que a vítima tinha indícios de luta corporal. O corpo foi levado para o IML, onde foi constatado que a causa da morte foi por estrangulamento.

G1

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

Romeu Zema anuncia escala de pagamento

O governador de Minas Gerais, Romeu Zema, anunciou, nesta quarta-feira (28/10), a escala de pagamento dos servidores do Estado em novembro. A primeira parcela, com

Fechar Menu