Júri popular de homem que matou a tiros 3 pessoas dentro de igreja e assassinou a ex-namorada em Paracatu é agendado para novembro; relembre o caso

Rudson Aragão Guimarães cometeu os 4 homicídios em maio de 2019; após matar a ex, ele invadiu a Igreja Batista Shalom atrás do pastor, mas atirou e matou outras 3 pessoas.

Está marcado para o próximo dia 3 de novembro o julgamento de Rudson Aragão Guimarães, de 41 anos. Ele é acusado de matar no dia 21 de maio de 2019, a ex-namorada com golpes de canivete, invadir uma igreja e atirar contra três pessoas, em Paracatu, no Noroeste de Minas.

A data do júri popular foi confirmada à TV Integração pela Vara Criminal da Comarca de Paracatu e confirmada pelo Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG). A sessão será a partir das 8h, no Fórum Martinho Campos Sobrinho. De acordo com a Secretaria de Justiça e Segurança Pública, o réu está preso na Penitenciária de Unaí I – Agostinho de Oliveira Junior.

Um desentendimento entre o assassino e o pastor da Igreja Batista Shalom pode ter motivado o ataque, segundo a delegada de homicídio, Thays Regina Silva, em entrevista na época do crime.

Relembre o caso

Rudson Aragão Guimarães assassinou a ex-namorada no dia 21 de maio de 2019 e depois invadiu um Igreja Batista Shalom e matou mais três pessoas a tiros: duas mulheres e um homem. 

De acordo com o tenente-coronel da Polícia Militar Luiz Magalhães, o assassino estava na casa da família dele, no Bairro Bela Vista, juntamente com a ex-namorada, Heloísa Vieira Andrade de 59 anos, a mãe e a irmã. No local, ele golpeou a Heloísa no pescoço com um canivete e seguiu para a igreja, que ficava a três quarteirões da casa.

“Ele chegou alucinado e com falas desconexas, procurando pelo pastor e dizendo que iria matar ele”, afirmou Magalhães. Pelo menos 20 pessoas participavam de um culto no local.

Imagens de uma câmera de segurança registraram o momento em que o Rudson chegou, por volta das 18h47. Ele arrancou o portão e invadiu o local.

G1

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn