Jovem tem que ser socorrida após ser atingida por disparo no joelho, e homem acaba na delegacia em Patos de Minas

Uma jovem de 26 anos teve que ser socorrida até o Hospital Regional na tarde desta quarta-feira (08) em Patos de Minas. Ela foi vítima de um disparo de arma de fogo no joelho. Um homem foi preso acusado de ter feito o disparo. Manchas de sangue foram encontrados no veículo que era conduzido pelo suspeito.

O crime aconteceu no Bairro Santa Luzia. De acordo com a Aspirante Driely, a Polícia Militar foi acionada após a jovem de 26 anos ser socorrida até o Hospital Regional por uma unidade do Corpo de Bombeiros. Ela relatou que estava na casa do acusado, quando houve um desentendimento e ele acabou efetuando um disparo que lhe atingiu o joelho direito.

Ela contou que começou a sentir muita dor e não se lembra ao certo como teria sido seu socorro. Ela foi deixada no Galpão do Produtor Rural. Pessoas que se encontravam no local foi que acionou o Corpo de Bombeiros. Ao analisar as imagens das Câmeras do Olho Vivo, os policiais verificaram que ela havia sido deixada pelo suspeito que conduzia um VW/Voyage de cor prata.

Diante disso, os policiais foram até a casa dele, onde localizaram o veículo com algumas manchas de sangue. Na residência também havia manchas de sangue. Somente a mulher dele estava no local. Como a residência é cercada por câmeras de segurança, os policiais apreenderam o DVR para que as imagens sejam analisadas e assim possa-se descobrir o que de fato aconteceu no local.

O acusado foi preso após diligências da Polícia Militar nas imediações do Galpão do Produtor Rural. A moto usada para ele evadir também foi apreendida junto com o Voyage. A Perícia Técnica da Polícia Civil vai analisar os vestígios deixados no automóvel. A aspirante Driely informou que o acusado possui passagem por tráfico de drogas, e a vítima é conhecida por ser usuária de entorpecente.

Patos Hoje

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn