João Pinheiro: Rapaz incendeia casa, atira em padrasto e morre em troca de tiro com policiais

Um rapaz de 29 anos ateou fogo na sua residência, tentou matar o próprio padrasto e acabou morto após uma troca de tiros com os policiais que atendiam a ocorrência. O caso aconteceu na madrugada deste sábado (30), em João Pinheiro (MG). 
 
Foi à mãe do jovem quem acionou a Polícia Militar reclamando que o filho, de nome Matheus, conhecido como “Bola”, teria entrado em surto psicótico e ateado fogo no barraco onde morava nos fundos da residência da família.

A PM, então, se deslocou até o local para apoiar o Corpo de Bombeiros. A princípio, Matheus não estava na residência, mas chegou, instantes depois, e entrou na casa. 

Neste momento, sacou um revólver calibre.38 e atirou duas vezes contra o tórax do padrasto Hélio de Oliveira Pena, de 70 anos. Baleado, o padrasto correu para buscar proteção dos policiais. Matheus, então, o perseguiu e efetuou dois novos disparos de arma de fogo na direção do idoso e dos militares.

Um dos tiros acertou a viatura, mas o padrasto e os policiais não foram atingidos. Os policiais reagiram e acertaram dois tiros em “Bola”, um na região da clavícula e outro no abdômen. O jovem e seu padrasto foram socorridos imediatamente, mas Matheus não resistiu aos ferimentos e morreu no hospital. Já o idoso, não corre risco de morte.

Conforme apurado, Matheus enfrentava uma forte depressão e estava afastado do trabalho como vigilante na agência local do Banco do Brasil.

Fonte: JP Agora

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn