Inacreditável: mulher de Lagoa Formosa deposita mais de 24 mil reais para estelionatários tentando conseguir empréstimo de 15 mil

Uma mulher de 34 anos, moradora da cidade de Lagoa Formosa, caiu num golpe de estelionato quase que inacreditável. Para tentar concretizar um suposto empréstimo pessoal no valor 15 mil reais a vítima depositou para golpistas a quantia de 24.232,00 reais. O caso que parece filme de ficção, mas é uma ação criminosa altamente bem planejada, teve início no último dia 19 de agosto, quando a vítima recebeu uma mensagem em seu e-mail pessoal oferecendo empréstimo em dinheiro.

De acordo com o boletim de ocorrência, a moradora do Bairro Babilônia contou para a polícia que os estelionatários usaram o nome de “Financeira Zema” para apresentar a proposta, que seria um financiamento de 15 mil reais para serem pagos em 220 parcelas de 220,00 reais. Ainda segundo a vítima, algum tempo após o e-mail, ela recebeu uma chamada pelo celular, a qual uma pessoa que se identificou como Vivian voltou a oferecer o dinheiro e com as mesmas formas de pagamento.

Com isso, a lagoense foi convencida e recebeu o contrato para preencher e assinar via whatsapp. A partir desse momento começou o pesadelo para a mulher de 34 anos. Inicialmente ela foi informada que teria de efetuar um depósito para validar o contrato, o que acabou sendo realizado. Depois outra pessoa enviou mensagem via whatsapp relatando ser gerente de “liberação” e pediu 998 reais referente a “IOF”, sendo mais uma vez a solicitação acatada e feita a transferência via PIX. Em seguida o mesmo homem pediu outro depósito no valor 1.238,00 reais que seria para “Crédito Liberado Direto” o que também foi aceito e transferido via PIX.

Porém o golpe não parou por ai. Em seguida, a mulher recebeu outra mensagem por aplicativo de whatsapp, mas de número e DDD diferentes dos anteriores, sendo que desta vez uma pessoa de nome “Rafael” se identificou como sendo do setor de “Imposto Vinculado ao Crédito Concretizado” e pediu um depósito no valor de 1.498,00 reais. Esses valores, conforme os estelionatários seriam devolvidos à vítima juntamente com o valor que estava sendo tomado por empréstimo.

Logo depois foi solicitado outro depósito que seria por motivos de “divergências” e, desta vez, foi pedido o valor de 1.952,00 para uma seguradora, sendo o deposito realizado na Casa Lotérica de Lagoa Formosa. Após essa transação, a vítima que reside no Bairro Babilônia foi novamente contatada pelo whatsapp. Uma pessoa que dizia ser o gerente da financeira exigiu o depósito de 6.623,00 que seria para o “protocolo de liberação”, com isso, o dinheiro foi deposito.

O mais incrível de toda esta situação é que até este momento a mulher ainda não estava desconfiada do golpe. Por isso, os estelionatários ainda pediram outros depósitos nos valores de 1.000,00, de 450,00, de 2.400,00, de 2.000,00, tendo esses quatro últimos como favorecida uma única mulher de nome “Ana Kátia Lopes da Silva”. Mas acredite-se não parou por aí, ela ainda depositou via PIX 5.170,00. Para finalizar, um dos inúmeros estelionatários que entraram em contato com a vítima em Lagoa Formosa pediu que fosse depositado o valor de 6.623,00 para que o empréstimo fosse realmente liberado, caso contrário o negócio não seria realizado e ela e o marido ainda corriam riscos de serem presos no prazo de 48 horas.

Esse último indivíduo fez contato com a vítima outras vezes, sempre insistindo para que ela realizasse a transferência do dinheiro para não ficar sem o empréstimo, mas como o financiamento não caiu na conta da mulher ela acabou tendo a triste certeza que havia caído num golpe de estelionato. Sem ter o que fazer, o que restou para a vítima foi procurar a Polícia Militar e registrar um boletim de ocorrência. Dos últimos casos de estelionato na região do Alto Paranaíba este é um dos mais inacreditáveis.

Matéria: Vanderlei Gontijo/PO Notícias

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn