Idosa perde mais de R$ 32 mil após receber telefonema de golpista

Aos policiais, ela disse que não repassou nenhum dado ao estelionatário.

Na tarde de terça-feira (14/9), uma idosa de 79 anos procurou a base comunitária da Polícia Militar e relatou que na segunda-feira (13/9) recebeu a ligação de um homem. Ele disse que era funcionário do Banco do Brasil e solicitou alguns dados.

A idosa contou que não passou nenhum dado do cartão e nem a senha. Desconfiada, a idosa foi até a agência e ao verificar a conta constatou operações indevidas de TED, PIX, saques e depósitos. No total foi um prejuízo de R$ 32.614,00.

A idosa afirmou ao policial militar que não autorizou e nem fez nenhuma transação na conta corrente. A ocorrência foi registrada e a idosa orientada sobre as próximas providências.

Patos Notícias

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn