Hemominas teme desabastecimento de sangue no Estado e convoca doadores dos tipos O e A

Uma queda superior a 60% nos estoques de sangue dos tipos O positivo e O negativo, de 40% nos estoques do tipo A negativo e de cerca de 25% do tipo A positivo é motivo de preocupação da Fundação Hemominas. O órgão alerta para o risco de desabastecimento de sangue para os hospitais do estado.

O quadro foi agravado pela pandemia, que impacta no comparecimento de doadores. “Vale destacar que a Fundação toma todos os cuidados para garantir a segurança dos doadores em suas unidades: uso de máscara, distanciamento, higienização adequada, higiene frequente de mãos, como recomendam a Anvisa e a Organização Mundial de Saúde”, destaca a nota enviada pela Fundação.

Mais do que nunca, é fundamental que os doadores voluntários de sangue dos referidos grupos sanguíneos compareçam o quanto antes a uma das unidades da Hemominas para realizar a doação. O ato solidário, consciente e responsável, pode salvar vidas. Os doadores devem fazer agendamento online ou pelo aplicativo MGapp-Cidadão.

Como fazer a doação

Entre os requisitos básicos para doar, é necessário estar em boas condições de saúde, ter entre 16 e 69 anos, mais de 50 kg, estar bem descansado no momento da doação, estar alimentado e apresentar documento original e oficial com foto.

Candidatos à doação de sangue que foram infectados pelos vírus Covid-19, após diagnóstico clínico e/ou laboratorial ficam inaptos por 30 dias após completa recuperação (assintomáticos e sem sequelas que contraindiquem a doação);

Candidatos que tiveram contato com pessoas que apresentaram diagnóstico clínico/laboratorial de infecção pelo Covid-19 são considerados inaptos pelo período de 14 dias, após o último contato com essas pessoas.

Em virtude da pandemia, o candidato que apresente qualquer sintoma respiratório, mesmo leve, deverá aguardar 30 dias após recuperação para doar.

Vacinas

A vacinação contra a Covid-19 também impacta no comparecimento de doadores nas unidades, já que existe um período de inaptidão após cada dose. Esse prazo depende da vacina recebida. Para as vacinas disponíveis até o momento, os prazos são:

● Coronovac/Sinovac: 48 horas

● AstraZeneca/Fiocruz: 7 dias

● Pfizer/BioNTech: 7 dias

● Janssen-Cilag: 7 dias

Patos Hoje

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn