Hemocentro de Patos de Minas registra baixa no estoque de sangues do grupo “O”

A situação é critica para os tipos sanguíneos “O” negativo e “O” positivo, que apresentam baixa significativa nos estoques do hemocentro de Patos de Minas, segundo informou Dagma Martinélia, que é responsável pela captação de doadores.

Por ser universal, a utilização deste sangue é maior nas situações de emergências, o que de acordo com Dagma, exige ainda mais a manutenção das bolsas no estoque do hemocentro, que atende dezenas de municípios de toda a região. Por isso, a necessidade de convocar os doadores, uma vez que nos períodos que antecedem os feriados prolongados, ocorre um comparecimento menor dos voluntários.

A responsável pela captação dos doadores lembra que a situação chega a um estado de alerta. Ao longo da semana que terá na sexta-feira o feriado da Proclamação da República, os voluntários devem procurar o hemocentro de 7 as 11h. Na segunda-feira o atendimento é de 15h às 19h. Somente com a colaboração na coleta de sangue, será possível regularizar os estoques.

Para doar é preciso ter boa saúde, idade entre 16 e 69 anos. Em caso de menor de idade, o doador deve estar acompanhado de um responsável. Não é necessário fazer jejum para doar. Mas algumas restrições são estabelecidas. Se o candidato tiver feito uso de bebida alcoólica, tem que esperar por 12h. No caso de tatuagem, o prazo para voltar a doar é de 12 meses. Em situações de exame de endoscopia, o voluntário fica impedido por 6 meses.

Patos JÁ

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Fechar Menu