Guarda-Mor: Homem é morto a facada na zona rural por causa de demarcação de terra

Um homem de 62 anos foi assassinado a facadas, nesta quarta-feira (1/9), na zona rural de Guarda-Mor. O crime teria sido motivado por causa de demarcação de terra. O autor foi preso em flagrante.

Conforme o registro policial, o fato foi comunicado à Polícia Militar por funcionários do Hospital Municipal de Guarda-Mor, após a vítima dar entrada com perfurações no corpo, provenientes de arma branca (faça). Ela chegou com vida, mas não resistiu aos ferimentos e foi óbito.

Os miliares levantaram informações e foram até local do crime em busca do autor, um home de 65 anos. Ele foi localizado em sua residência que fica cerca de 1km de distância da moradia da vítima.

Segundo informações, o motivo da contenda entre eles foi a colocação de uma cerca nova na divisa entre da propriedade do pai do autor e a propriedade da vítima. Havia um desacordo sobre o posicionamento correto da cerca que divide as propriedades.

O autor, embriagado e de posse de uma faca, foi argumentar com a vítima sobre o posicionamento da cerca, no entanto, durante o diálogo entre eles, os ânimos se exaltaram e houve uma discussão que foi levada as vias de fato, com o autor esfaqueando a vítima.

A PM localizou e apreendeu faca utilizada no crime, uma barra de ferro que tinha sido utilizada na briga, além de uma espingarda calibre .28. O homem foi preso e encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil na cidade de Paracatu, juntamente com os materiais apreendidos.

Por Anderson Franque com informações Polícia Militar

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn