Governo quer privatizar os Correios

A Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT) entrou na lista de privatização do governo Jair Bolsonaro. O próprio presidente da República já autorizou a operação.

Em entrevista na estreia do programa Central da GloboNews, na noite de quarta-feira (17), o ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou que Bolsonaro havia incluído uma nova empresa no programa de privatização.

“Tem empresas que vão ser privatizadas que vocês nem suspeitam ainda”, afirmou, acrescentando em seguida que o presidente já havia concordado com a medida.

Instado a revelar o nome da estatal, Guedes preferiu não dizer, argumentando que ainda falta definir exatamente como será feita a venda.

O blog da jornalista Cristiana Lôbo apurou com assessores presidenciais que os Correios são a empresa citada pelo ministro da Economia.

Na avaliação da equipe presidencial, o setor em que atua os Correios está em processo de total transformação e, para a estatal sobreviver, precisa ser mais competitiva e ter menos amarras.

Isso, na avaliação de técnicos, poderá ser feito apenas privatizando os Correios.

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Fechar Menu