Garoto é espancado pelos pais após manter relação sexual com criança da mesma família em Patos de Minas

O Conselho Tutelar foi acionado e compareceu ao local.

A Polícia Militar foi acionada, na tarde desta quarta-feira (21), depois de receber uma ligação relatando que uma criança de 11 anos havia sido bastante agredida pelos pais em Patos de Minas. O motivo das agressões, seria porque os pais descobriram que ele havia mantido relações sexuais com uma prima de 4 anos.  O Conselho Tutelar foi acionado e compareceu ao local. Os envolvidos foram levados para o hospital para serem examinados por um médico. O garoto ficou bastante machucado e a mãe foi encaminhada para a delegacia.


O fato aconteceu no Bairro Ipanema e envolveu 4 crianças da mesma família. De acordo com a Assessoria de Comunicação da Polícia Militar, um garoto de 11 anos relatou que estaria sendo agredido pelos pais. Ele conseguiu fugir da agressões e pediu socorro na rua. Segundo a Ascom da PM, o garoto estava com as roupas rasgadas e apresentava hematomas nos braços, abdômen, tórax, pernas e costas. Em conversa com os militares, a mãe confirmou as agressões e disse que o estava corrigindo por ter descobrido o que o filho teria feito em data anterior.

De acordo com a Polícia Militar, o garoto de 11 anos teria abusado sexualmente de uma prima de 4 anos de idade. Em conversa com os militares, o garoto confirmou, mas disse que eles estavam de roupa. A mãe da criança de 4 anos disse que a filha já havia lhe contado o fato. Além disso, a Polícia Militar descobriu também que um garoto de 8 anos estaria abusando sexualmente da própria irmã, que tem 5 anos de idade. O garoto de 8 anos e a criança de 5 anos, são irmãos do garoto de 11 anos agredido pelos pais.

O Conselho Tutelar foi acionado e compareceu ao local realizando os trabalhos de praxe. Todas as crianças foram levadas ao hospital para a realização de exames complementares. Posteriormente, as crianças foram encaminhadas para a casa da acolhida. A mãe do garoto de 11 anos foi encaminhada para a delegacia em razão das agressões. A Polícia Militar ainda está à procura do pai do garoto que evadiu do local.

Patos Hoje

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Fechar Menu