Futuro do Detran pode ser a privatização

Está publicado no Diário Oficial de Minas Gerais os nomes que vão integrar o Conselho Estadual de Modernização Administrativa (CEMA) para discutir a reformulação da Polícia Civil do estado, começando pelo Departamento de Trânsito de Minas Gerais (DETRAN).

O conselho é formado por 19 servidores estaduais. São membros da Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (SEPLAG), delegados, investigadores, peritos criminais e médicos legistas da Polícia Civil.

A formação tem gerado temor pelo fato de o conselho não ter representantes do DETRAN. Isso pode, em tese, retirar o controle da Polícia Civil sobre o órgão ou até mesmo levar à privatização.

As assessorias de imprensa do DETRAN e do governo de Minas ainda não se pronunciaram sobre a criação do conselho, nem de como irão funcionar as discursões sobre a reformulação do órgão e o prazo para a conclusão do trabalho.

Por Anderson Franque / Montanheza FM 93.5

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Fechar Menu