Estelionatário virtual usa até Detran em golpe

A Polícia Civil já identificou pelo menos um motorista que foi vítima de golpistas que usaram o nome do Detran de Minas Gerais para roubar dinheiro, dados pessoais e bancários. O número de condutores lesados, contudo, pode ser ainda maior. Isso porque o falso site do órgão criado por bandidos só foi identificado pelos investigadores ontem.

O mais novo golpe da “praça” foi descoberto depois que um motorista de Itajubá, no Sul do Estado, procurou a delegacia e informou que havia pagado R$ 86,24, taxa do Detran referente à Carteira Nacional de Habilitação (CNH), mas que o valor continuava em aberto no site do órgão. Foi então que a corporação identificou que bandidos haviam criado uma página eletrônica semelhante à do Detran para lesar os condutores mineiros.

O caso está sendo investigado pela Divisão de Habilitação, e, até a tarde dessa terça (12), nenhum suspeito havia sido identificado e preso. A equipe técnica da Polícia Civil trabalha para que o falso site seja retirado do ar.

Como a investigação ainda está no início, a Polícia Civil não soube informar desde quando o falso site está no ar. A recomendação é que todos os motoristas que acessaram a página do Detran, e que desconfiem que entraram no site incorreto, entrem no detran.mg.gov.br e verifique a situação.

Pelo site falso, os criminosos conseguem os dados pessoais e informações do cartão de crédito das vítimas. Além disso, os golpistas também geram boletos para pagamento em redes bancárias. Nesses casos, o dinheiro é destinado diretamente para as contas dos criminosos.

Redação: Anderson Franque

Com informações Hoje Em Dia

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Fechar Menu