Encerrado o Programa Sucessão no Campo em Vazante

Produtores de leite mobilizados pela ADVAZ (Agência para o Desenvolvimento Local Integrado e Sustentável de Vazante), no noroeste do estado, concluíram o Programa Sucessão no Campo, do Sistema Faemg/Senar Minas, no último fim de semana. Após quase cinco meses de encontros presenciais para desenvolvimento de conteúdos técnicos e consultorias de especialistas nas propriedades rurais, o Programa foi finalizado com a apresentação do Plano de Sucessão, desenvolvido pelas famílias participantes durante o período.

O Sucessão no Campo busca incentivar a sucessão familiar nos negócios rurais, motivando as gerações mais novas, especialmente através de formação profissional rural, para que possam dar continuidade e gerir os negócios da família. O Plano de Sucessão, desenvolvido durante o Programa, contém planejamento sucessório e financeiro, organograma com a descrição das funções e tarefas para os membros da família, além da definição da missão, visão, objetivos e metas para serem atingidas no empreendimento rural. Em Vazante, o instrutor da turma foi Albert Franz Nether Nassau.

“Percebi que o Programa proporcionou muito conhecimento às famílias e vai garantir uma sucessão com crescimento dos negócios rurais. Os filhos querem evolução, querem mudança e por isso vão dar sequência a esses negócios com todo o carinho, afinal vão estar cuidando de uma herança deixada pelos pais ou avós, por exemplo’, comentou o mobilizador da ADVAZ, Wender Martins.

O gerente regional do Sistema Faemg/Senar Minas em Patos de Minas, Sérgio de Carvalho Coelho, acompanhou o Programa de perto. “Encerramos com sucesso o Sucessão no Campo de Vazante, em parceria com a ADVAZ. Durante as apresentações do Plano de Sucessão ocorridas no encerramento, conseguimos perceber as aplicações práticas nos negócios rurais. Assim, o Sistema Faemg/Senar Minas uma vez mais, contribui de forma efetiva para a continuidade dos negócios rurais no município de Vazante”.

“Novas turmas já estão sendo projetadas e iremos começar agora no final do mês de março um novo grupo de trabalho em Presidente Olegário, além de outras turmas que faremos ao longo do ano. O nosso propósito é estimular os sucessores, os jovens de hoje, para que continuem os negócios de seus pais, de suas famílias e que assim a produção rural possa ser melhorada constantemente”, complementa.

O Programa Piloto do Sucessão no Campo foi realizado na regional de Patos de Minas, no município de Coromandel, em 2017. “Temos orgulho de dizer que essa iniciativa está dando bons frutos no estado inteiro, inclusive com a possibilidade de ampliação do Programa para América Central e África”, conclui o gerente regional.

PO Notícias

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Fechar Menu