Empresa que contratou trabalhadores do Maranhão arcará com custos do plano de contingenciamento

A empresa responsável pela contratação de 88 trabalhadores para trabalhar na zona rural de Vazante e Guarda-Mor foi identificada. A informação foi divulgada pelo secretário municipal de Saúde de Vazante, Gabriel Afrânio Rosa de Faria Barra, na manhã desta quinta-feira (9). O nome da empresa não foi divulgado.

De acordo com o secretário, houve reunião entre os responsáveis e advogados da empresa, procurador do município, Setor de Epidemiologia e Secretaria de Saúde, advogados do município e Ministério Público, por meio de videoconferência, para discutirem o assunto.

Segundo o secretário foi criado um plano de contingenciamento e os trabalhadores deve cumprir as normas epidemiológicas e sanitária do município.

Os trabalhadores passarão por testes rápidos para diagnosticar o coronavírus (Covid-19). Eles serão liberados pra o trabalho se os testes derem negativo para a doença, caso contrário devem ficar em quarentena. Além disso, devem se atentar aos cuidados sanitários dos alojamentos e não poderão transitar pela cidade.

Conforme o secretário, os custos com o plano de contingenciamento serão de responsabilidade da empresa que contratou os trabalhados e não do município de Vazante.

Anderson Franque / Montanheza FM 93.5

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Fechar Menu