Dnit continua obra de reparo na ponte sobre o Córrego dos Vieiras na BR-365 em Patos de Minas. Veja rotas de desvio

Trecho da rodovia federal está interditado desde o último domingo (12), após cabeceira apresentar rachaduras. Veja rotas de desvio.

Após o prefeito de Patos de Minas, Luís Eduardo Falcão (Podemos) dizer que o Município começaria por conta própria a manutenção na ponte sobre o Córrego dos Vieiras, na BR-365, o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) anunciou que iniciou a obra na tarde desta quarta-feira (16).

O trecho está interditado desde o último domingo (13), depois que foram constatados danos na estrutura causados pelos volumes do Rio Paranaíba e afluentes, que subiram devido as constantes chuvas na região.

A intenção de Falcão, divulgada em vídeo na terça-feira (15), era começar a manutenção na ponte na manhã desta quarta, porém o Município não recebeu autorização do Dnit.

No comunicado divulgado às 16h10, o Dnit informou que serviços de recuperação da cabeceira da ponte sobre o córrego, localizada no km 428, foram iniciados e que os técnicos do departamento monitoram a situação e seguem no local para restabelecer o fluxo de veículos.

Os bloqueios na BR-365, realizados com o apoio da Polícia Rodoviária Federal (PRF), foram montados a cerca de 20 quilômetros de Patos de Minas, rumo à Patrocínio e Uberlândia. Dessa forma, os usuários da rodovia devem evitar esse trajeto.

Rota alternativa: para se deslocar entre Patos de Minas e Patrocínio deve-se optar pela BR-354, rumo a Lagoa Formosa, Carmo do Paranaíba e Rio Paranaíba; depois acessar a MG-230 passar por Serra do Salitre até retornar à BR-365 em Patrocínio.

Veja abaixo, mapa com alternativa de desvio.

O trânsito na Ponte dos Vieiras, que fica no km 428 da rodovia BR-365, em Patos de Minas, teve que ser completamente interditado às 11h20 de domingo para reparos estruturais. A água começou a se aproximar das bordas da estrutura da ponte, o que provocou rachaduras e a formação de uma cratera no local.

Reparos na ponte

Na manhã desta quarta, funcionários públicos e voluntários da iniciativa privada começaram a adiantar os trabalhos e abriram uma passagem debaixo da ponte para que uma retroescavadeira possa ser utilizada nos reparos.

Em entrevista à TV Integração, o diretor de obras da Prefeitura, José Amorim, explicou quais reparos estariam previstos para a ponte.

“Vai ser feita uma contenção de concreto na parte de baixo e, consequentemente, vamos tirar o material para começar a estabilização do terreno e elevar o piso até a parte de pavimentação. O serviço na parte de baixo não interfere na parte de cima”, afirmou.

Além disso, segundo a Prefeitura, também está sendo construída uma passarela nas proximidades para permitir que pedestres possam transitar pelo local em segurança durante as obras. Essa obra está sendo liderada por uma empresa agroindustrial da cidade.

G1

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn