Desvio da MGC-354 em Presidente Olegário é alargado para permitir passagem de veículos de carga

Uma forte chuva interditou a pista há 14 dias e um desvio foi feito para ajudar no trânsito.

O km 152 da MGC-354, entre Patos de Minas e Presidente Olegário, segue interditada há 14 dias. Com a interdição do trecho, devido a problemas na pista causados pela chuva, os motoristas precisam utilizar um caminho alternativo, que passou por reformas na última semana.

A intenção das obras no local era de alongar a pista e permitir a passagem de mais veículos e também de caminhões, para evitar que Presidente Olegário tenha problemas de abastecimento, já que a cidade depende da rota para.

“Interditamos o desvio da BR-354, km 152, entre Presidente Olegário e Patos de quinta (20) a sexta-feira (21), para que a gente pudesse alargar a pista […] para que todos pudessem passar por esse local. Liberamos para qualquer tipo de carga passar”, explicou o prefeito de Presidente Olegário, Rhenys Cambraia (Cidadania).

Antes, algumas pessoas estavam passando pelo trecho a pé, para poder buscar os produtos em outras cidades. Com a liberação para ônibus e caminhões, a situação melhora.

O Departamento de Edificações e Estradas de Rodagem (DER-MG), responsável pela via, começou obras no último dia 19 de um desvio na lateral do trecho. No entanto, a execução completa da obra depende das condições climáticas e, por isso, o departamento não definiu um prazo para conclusão do serviço.

Desvio para acesso de Patos de Minas à Presidente Olegário — Foto: Reprodução/TV Integração

Desvio para acesso de Patos de Minas à Presidente Olegário — Foto: Reprodução/TV Integração

Desvio longo

Outra opção de trajeto entre Patos de Minas e Presidente Olegário aumenta a viagem em 200 km. Os motoristas que estiverem em Patos de Minas devem retornar para a BR-365, no sentido Uberlândia, e acessar a MG-188, e passar por Coromandel.

Após Coromandel, ir por Vazante e Lagamar. Em seguida, acessar a MGC-354 e voltar para Presidente Olegário.

G1

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn