DENGUE – Boletim da SES/MG aponta 9 novos casos prováveis em Vazante; Lagoa Grande 44

Imagem: Genilton J. Vieira / IOC-Fiocruz/Divulgação

A Secretaria de Saúde do Estado (SES-MG) divulgou, nessa quarta-feira (11), o Boletim Epidemiológico de Monitoramento dos casos de Dengue, Chikungunya e Zika. Os dados são referentes a 1º de janeiro a 11 de maio de 2022.

De acordo com o boletim, Vazante notificou 9 novos casos prováveis de dengue, elevando para 32 o total até o momento, mas sem óbitos pela doença. Não há notificação de casos prováveis de Chikungunya ou Zika. Os dados são parciais e estão sujeitos à alteração, conforme a rotina de notificação.

Na região, Lagamar aparece no relatório da SES-MG com apenas 1 caso provável da doença, Guarda-Mor permaneceu com 7 no relatório e Lagoa Grande foi de 27 para 71 notificações. Os dados podem ser comparados aos do informe divulgado no dia 4 de maio.

Nenhum dos municípios apareceu com registros de casos prováveis de Chikungunya ou Zika.

Minas Gerais

Em todo o estado, a SES-MG informou total de 57.687 casos prováveis (casos notificados, exceto os descartados) de dengue, sendo 26.191 confirmações. Quatorze mortes foram confirmadas e 36 estão em investigação. Em relação à Chikungunya, são 5.162 casos prováveis e 2.089 confirmados. Até então, não há nenhum caso de óbito confirmado por Chikungunya em Minas Gerais, e um segue em investigação. Quanto a Zika, o Estado contabilizou 54 notificações e 10 confirmações, mas sem óbitos.

Por Anderson Franque / Montanheza FM 93.5
Fonte: SES/MG

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn