Delegado terá 30 dias pra concluir inquérito da morte de Edifani Pereira

O delegado de Polícia Civil, André Luiz, terá 30 dias para concluir o inquérito sobre o homicídio consumado contra Edifani Pereira dos Santos, 49 anos. Ele foi morto com um disparo de arma de fogo, na quinta-feira (20), em uma fazenda localizada zona rural de Vazante.

O autor, Éder Mariano de Castro, de 27 anos, foi preso pela Polícia Militar na sexta-feira (21), na região da Taboca. A arma usada no crime foi encontrada na cidade de Lagoa Grande, na casa de um primo do autor. O celular de Edifani também estava em posse do autor que o subtraiu após consumar o homicídio.

O autor foi ouvido pela Polícia Civil em Paracatu e confessou a autoria do crime. Ele disse que praticou o ato após uma discussão com a vítima, porém, não falou o que o motivou. Não foram divulgados mais detalhes.

O delegado André Luiz, responsável pela condução do inquérito, ainda aguarda o resultado da perícia. O autor deve ser ouvido novamente.

Missa de 7° Dia

A Missa de 7° dia da morte de Edifani Pereira dos Santos será celebrada na noite de quinta-feira (27), às 19h, na Igreja Nossa Senhora do Carmo, no Bairro Novo Horizonte.

Anderson Franque / Montanheza FM 93.5

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Fechar Menu