Cresce o número de casos prováveis de Dengue em Vazante

Em meio à pandemia de coronavírus, Minas Gerais se preocupa também com o crescimento de outra doença, a dengue. Em novo balanço divulgado nesta terça feira (24), a Secretaria de Estado de Saúde (SES) aponta que os casos prováveis da virose saltaram para 35.639. Em comparação ao levantamento da semana passada, houve aumento de 4.910 diagnósticos no Estado.

De acordo com o boletim epidemiológico, Vazante tem 38 casos prováveis de Dengue. Três já foram confirmados pela Secretaria Municipal de Saúde. O número de casos prováveis cresceu em relação ao último boletim divulgado no dia 3 de março. Na época haviam 20 registros de casos prováveis da doença e nenhum confirmado.

Conforme o boletim, os municípios lagamar e Guarda-Mor tem 1 caso provável cada. Lagoa Grande 9 casos prováveis e Presidente Olegário com 2 casos prováveis e 1 já confirmado.

Até o momento, foram confirmadas duas mortes pela doença no Estado, em Medina, município do Vale do Jequitinhonha, e Carneirinho, no Triângulo Mineiro. Dezessete mortes estão sob investigação.

Com relação à febre chikungunya, também causada pela picada do mosquito Aedes Aegypti, foram registrados 646 casos até o momento. São 82 novos registros em comparação ao balanço da semana passada.

Já com relação à zika, foram registrados 244 casos prováveis, sendo 26 em gestantes. Em comparação ao último balanço, do dia 17 deste mês, há 38 novos registros prováveis.

Anderson Franque/ Rádio Montanheza FM 93,5


Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

Guarda-Mor registra novos casos da Covid-19

Guarda-Mor teve seu quadro epidemiológico da Covid-19 alterado, conforme o boletim divulgado pela secretaria Municipal de Saúde, nessa quinta-feira (17). Mais dois casos positivos foram

Fechar Menu