Coronavírus: prefeito de Uberlândia anuncia ampliação da lista de locais comerciais autorizados a funcionar e chegada de testes rápidos

Anúncio foi feito por Odelmo Leão nesta quarta-feira (15). Óticas, assistências técnicas, lojas de equipamentos de informática e barbearias poderão reabrir; veja lista completa.

O prefeito Odelmo Leão (PP) anunciou nesta quarta-feira (15), em transmissão pela internet, a ampliação dos estabelecimentos comerciais autorizados a funcionar em Uberlândia. A decisão foi publicada no Diário Oficial do Município (DOM). Na ocasião, o chefe do Executivo também anunciou que o município recebeu os 100 primeiros testes rápidos para o diagnóstico da Covid-19.

Parte do comércio está fechado desde o dia 22 de março como forma de combater a disseminação da pandemia de coronavírus. Na mesma semana, a Prefeitura atualizou a lista de empreendimentos autorizados a funcionar e que, agora, será novamente atualizada, com o acréscimo de sete tipos de estabelecimentos. (Veja lista completa abaixo).

De acordo com o Boletim Municipal Diário divulgado nesta quarta-feira (15), Uberlândia tem 66 casos confirmados de Covid-19 e quatro mortes. A cidade tem, ainda, 2.515 casos suspeitos em investigação.

Novas liberações

Segundo o prefeito, óticas, assistências técnicas, lojas de equipamentos de informática e lojas de embalagens poderão reabrir. Barbearias e salões de cabeleireiros também poderão funcionar, mas deverão atender com hora marcada para evitar aglomeração.

Imobiliárias também podem reabrir parcialmente para negociação, cancelamento e ajuste de contratos. O atendimento, igualmente, deve ser feito com hora marcada.

A Administração alerta que, antes de normalizarem o funcionamento, os proprietários precisarão assinar um Termo de Responsabilidade disponível no Portal da Prefeitura e enviar uma cópia digitalizada do documento assinado para o e-mail [email protected] A via original deverá ser mantida obrigatoriamente no estabelecimento, podendo ser exigido pela equipe de fiscalização durante as operações de rotina.

“O dono do estabelecimento deverá assinar um documento assumindo a responsabilidade pela abertura. Entre as responsabilidades estão a utilização de máscaras, disponibilização de álcool em gel, e limpeza do piso. As pessoas que entrarem nos estabelecimentos deverão usar máscara”, explicou o prefeito.

Segundo divulgado pela Prefeitura, os estabelecimentos também deverão tomar uma série de medidas preventivas para saúde dos profissionais e clientes. As ações de segurança para cada tipo de comércio também estão disponíveis no Portal da Prefeitura.

A Administração também lembrou que todas essas determinações serão monitoradas diariamente pelo Comitê e poderão ser revistas a depender da evolução da proliferação do coronavírus no município. Além disso, a permissão foi concedida a segmentos considerados de grande importância social no atual contexto de pandemia.

Lista de estabelecimentos autorizados a funcionar

  • Agências bancárias e lotéricas;
  • Assistência técnica;
  • Barbearias;
  • Call center;
  • Clínicas veterinárias e venda de alimentação para animais;
  • Construção civil e lojas de materiais de construção;
  • Distribuidores de gás e água mineral;
  • Empresa de segurança privada e transporte de entrega de cargas;
  • Fabricação, montagem e distribuição de materiais clínicos e hospitalares;
  • Farmácias e drogarias;
  • Hotéis e similares;
  • Imobiliárias;
  • Indústrias em geral;
  • Laboratórios de análises clínicas e hospitais;
  • Lojas de atividades agrícolas e pecuárias;
  • Lojas de autopeças;
  • Lojas de embalagens;
  • Lojas de equipamentos de informática;
  • Lojas de materiais de limpeza;
  • Oficinas mecânicas e borracharias;
  • Óticas;
  • Postos de combustível;
  • Prestação de serviços essenciais municipais (saneamento Básico, assistência hospitalar, serviço funerário, coleta de resíduos, transporte público, serviço de iluminação pública, serviços sociais a pessoas em vulnerabilidade, dentre outros);
  • Restaurantes e lanchonetes (obedecendo as restrições das medidas preventivas);
  • Salões de beleza
  • Serviços de táxi e aplicativos de transporte (obedecendo às restrições das medidas preventivas).
  • Serviços relacionados à tecnologia da informação e de processamento de dados;
  • Vendas de alimentícios (hipermercados, supermercados, mercados, açougues, peixarias, hortifrutigranjeiros “sacolões”, padarias, quitandas, centros de abastecimento de alimentos e lojas de conveniência);

Outros anúncios

Durante a transmissão, Odelmo Leão também anunciou que o município recebeu os 100 primeiros testes rápidos, que foram adquiridos para o diagnóstico da Covid-19. Os exames serão usados na rede pública com orientação dos médicos.

Outro anúncio feito pelo Executivo foi a aquisição de 30 mil comprimidos de hidroxicloroquina.

“Nós conseguimos comprar este lote, que ficará a disposição dos médicos da nossa rede para ser ministrado nos pacientes, conforme orientação deles”, completou Odelmo Leão.

G1

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

Romeu Zema anuncia escala de pagamento

O governador de Minas Gerais, Romeu Zema, anunciou, nesta quarta-feira (28/10), a escala de pagamento dos servidores do Estado em novembro. A primeira parcela, com

Fechar Menu