Com uso de muleta e pedaço de pau, pancadaria em frente a boate termina com 5 gravemente feridos

Quando os policiais chegaram ao local, 4 pessoas estavam caídas ao solo.

A pancadaria com uso de pedaço de pau e de muleta aconteceu na madrugada deste domingo (22) na Avenida Marabá, em frente a uma Casa de Shows de Patos de Minas. Cinco pessoas ficaram gravemente feridas e tiveram que ser socorridas. Pelo menos 8 pessoas se envolveram na ocorrência. Quando os policiais chegaram ao local 4 estavam caídas ao solo.

A briga aconteceu por volta das 2h16. De acordo com informações da Polícia Militar, populares acionaram o 190 informando que estava acontecendo uma grande briga generalizada, nas proximidades da Boate Desespetados. Foram acionadas várias viaturas do turno de serviço, sendo que os policiais militares compareceram e visualizaram 4 pessoas deitadas no asfalto, todas com sangramentos no couro cabeludo e outra pessoa também com sangramento no couro cabeludo, porém de pé.

O SAMU foi acionado e socorreu as vítimas. Um adolescente de 16 anos relatou aos policias que foi para a boate com Elcimar Montalvão Alves, 38 anos, Eduardo Henrique Alves da Fonseca, 26 anos, Paulo Cesar Alves da Fonseca, 29 anos, e outro garoto de 15 anos, sendo que na entrada Ingridi Cristina Moraes, 26 anos, se aproximou deles e comentou que estava vendendo um ingresso para acesso à boate, tendo Elcimar realizado a compra do ingresso por R$10,00.

Então, os irmãos Jeferson Jesus da Silva, 30 anos, e Uanderson Jesus da Silva, 26 anos, que acompanhavam Ingridi teriam ficado “encarando” o grupo e que na saída da boate, os dois passaram a agredi-los, utilizando um pedaço de madeira e as moletas de Paulo Cesar, o qual possui problemas nos membros inferiores.

Segundo a ocorrência, a todo momento Ingridi incitava Jeferson e Uanderson a agredi-los. Após a briga, Jeferson, Uanderson e Ingridi evadiram em um GM/Corsa. Os policiais começaram os rastreamentos e conseguiram chegar ao endereço de Jeferson, Uanderson e Ingridi, os quais foram abordados. No interior do Corsa, foram encontrados um pedaço de madeira e um pedaço de um muleta.

Ainda de acordo com a ocorrência policial, Ingridi  afirmou que realmente tinha vendido um ingresso para Elcimar, inclusive havia dançado com um deles, mas que na saída da boate Elcimar teria começado a lhe importunar. Não satisfeito, Elcimar teria agredido Jeferson e Uanderson com socos, se iniciando uma briga generalizada.

Eduardo, Paulo Cesar, o adolescente de 16 anos e o garoto de 15 anos foram socorridos até o Hospital Regional, onde permanecem em observação. Elcimar continuava inconsciente, enquanto Jeferson apresentava um corte no couro cabeludo e dores lombares, sendo encaminhado até a UPA do Bairro Pelluzo, afim de atendimento médico.

Os irmãos juntamente com Ingridi foram encaminhados para a delegacia para os demais procedimentos. A jovem disse que apenas estava junto com eles, não tendo qualquer envolvimento com a briga. Ela confirmou que tudo começou com a compra do ingresso. O pedaço de madeira de cerca de 1 metro e o pedaço da muleta também foram apreendidos.

Patos Hoje

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Fechar Menu