Com greve dos Correios o Mercado Livre contrata 60 carretas para realizar entregas

Ainda não há planos do Mercado Livre para ter uma malha própria de carretas para entregas.

Buscando depender cada vez menos de terceiros, o Mercado Livre contratou nesta semana 60 carretas para ajudar nas entregas de encomendas.

A medida foi tomada enquanto o maior portal de comércio eletrônico da América Latina busca meios para dar vazão ao aumento expressivo das operações devido à pandemia do coronavírus.

Os caminhões com capacidade média para transportar em média 5 mil pacotes cada serão usados entre os três centros logísticos do Mercado Livre no Brasil e em centrais menores, destaca a agência Reuters.

“Até o fim do ano, devemos estar operando com cerca de 150 dessas carretas”, disse Leandro Bassoi, vice-presidente do Mercado Envios, braço de logística da empresa.

Ainda de acordo com o executivo, os caminhões são contratados de pequenas empresas de logística espalhadas pelo país.

REUTERS

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Fechar Menu