Clubes celebram MP do Governo sobre direitos de transmissão

“Essa medida não veio para o Flamengo, veio para todos os clubes saírem das mãos da Globo”, diz Flamengo.

O presidente da República, Jair Bolsonaro, assinou uma Medida Provisória, nesta quinta-feira (18), que dá aos clubes de futebol uma maior poder de barganha nas negociações dos direitos de transmissão dos jogos de futebol.

A decisão foi celebrada por líderes de diversas equipes do Brasil, que enfrentam uma espécie de monopólio da Rede Globo ao longo das últimas décadas.

Rodolfo Landim, presidente do Flamengo, declarou:

“Essa medida não veio para o Flamengo, veio para todos os clubes saírem das mãos da Globo.”

Guilherme Bellintani, presidente do Bahia, disse:

“Eu gostei muito. Acho que dá mais competitividade ao produto. No caso, acho que beneficia o Flamengo, mas pode também beneficiar times menores, que terão um produto mais redondo, caso se unam.”

José Carlos Peres, mandatário do Santos, declarou:

“Sou muito a favor, vai auxiliar os clubes. O Santos vende os direitos de transmissão dos jogos dele. Se quiser vender para a Itália, vende.”

Marcelo Paz, presidente do Fortaleza, afirmou:

“Eu vejo com bons olhos essa medida e espero que possa se tornar algo definitivo. Os clubes precisam de um protagonismo maior no futebol e liberdade para negociar seus direitos de transmissão. Enxergo como positivo para a valorização do futebol brasileiro como ‘produto’.”

Tarcísio Morais/Renova/FOLHA

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Fechar Menu