Câmara dos Deputados aprova MP do pente-fino no INSS

O resultado final da votação na Câmara sobre a MP 871 foi: 249 votos a favor, 123 contra e 2 abstenções.

A Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira (29) a Medida Provisória 871 do pente-fino no Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). O texto agora segue para análise do Senado Federal.

A MP pode gerar economia de até R$ 9,8 bilhões em seu 1º ano, segundo o governo do presidente Jair Bolsonaro. Mais de 5,5 milhões de benefícios pendentes de análise por irregularidade devem ser revisados.

O texto também modifica regras para a concessão de aposentadoria rural, acabando com o papel de sindicatos no cadastro do trabalhador do campo, com objetivo de coibir fraudes.

Presentes no plenário da Câmara, o secretário especial da Previdência e Trabalho, Rogério Marinho, e outros membros do governo comemoram a aprovação, apesar das modificações em parte do texto, informa o Estadão.

A matéria precisa ser votada no Congresso Nacional até o dia 3 de junho ou perderá validade. Os senadores tentarão votar o projeto nesta quinta-feira (30).

Estadão

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Fechar Menu