Brasil restringe entrada de estrangeiros em voos internacionais

Ato não se aplica a brasileiros nascidos ou naturalizados nem a imigrantes com autorização de residência.

O governo Jair Bolsonaro decidiu restringir por 30 dias, nesta quinta-feira (19), a entrada de passageiros estrangeiros de voos internacionais de uma série de nações. 

A medida, que entrará em vigor a partir do dia 23, foi adotada em decorrência dos efeitos causados pela pandemia da nova variante de coronavírus.

A restrição não se aplica a brasileiros, nascidos ou naturalizados, nem a imigrantes com prévia autorização de residência no Brasil, destaca o portal G1.

Confira outras notícias importantes do Brasil e do mundo sobre a pandemia de coronavírus: 

Uma farmácia foi interditada por tempo indeterminado por vender álcool gel a R$ 300,00. O caso aconteceu na manhã desta quinta-feira (19) em São Leopoldo, no Rio Grande do Sul, após o estabelecimento ser denunciado ao Procon-RS.

A Embaixada da Itália recomendou aos turistas italianos presentes no Brasil que retornem ao país, em meio ao avanço da pandemia do novo coronavírus (Sars-CoV-2). 

Na nota, a montadora explicou que, a partir do dia 23, os empregados das linhas de produção terão folgas administrativas por banco de horas. Do dia 31 em diante eles entram em férias coletivas, por duas semanas.

A Arcos Dorados, maior franquia independente do McDonald’s no mundo, anunciou na noite desta quinta-feira 19 a decisão de fechar o salão de seus restaurantes no Brasil a partir do dia 23 de março, por conta da pandemia de coronavírus.

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Fechar Menu