Bolsa tem pior trimestre da história, com perda de 36,86%

Nesta terça-feira (31), o principal índice da B3 encerrou o dia em baixa de 2,17%, aos 73.019,76 pontos.

Ibovespa fechou o primeiro trimestre de 2020 com perda de 36,86%, o pior resultado da história para o intervalo de três meses.

A queda na bolsa é a prova de que a pandemia do novo coronavírus conseguiu superar mesmo os momentos mais depressivos da crise de 2008. 

Até esta terça-feira (31), a maior perda acumulada em um trimestre, de 31,88%, havia ocorrido entre julho e setembro de 1998.

Três anos antes, em 1995, houve queda de 31,58% no primeiro trimestre ante o quarto de 1994, de acordo com dados apresentados pelo jornal Estadão.

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Fechar Menu