Assessora busca a polícia e diz que foi assediada pelo vereador Markin das Bananas

A jovem relatou que os fatos ocorreram enquanto trabalhava com o parlamentar.

O Vereador Marcos Antônio Ribeiro, conhecido como Marquin das Bananas, de 45 anos, está sendo acusado de assédio em Patos de Minas. A vítima é uma jovem de 27 anos que trabalhava com o parlamentar na Câmara Municipal de Patos de Minas. Ela está afastada.

De acordo com a ocorrência, registrada pela Polícia Civil como assédio sexual, o vereador oferecia presentes e dinheiro para que a jovem mostrasse o corpo para ele. Ela alegou para a polícia que, diante das negativas, o parlamentar se tornava agressivo e a tratava mal em público.

O boletim de ocorrência foi registrado nesta terça-feira (27). A jovem relatou que os fatos ocorreram enquanto trabalhava com o parlamentar do Partido Social Democrático. De acordo com o registro da ocorrência, a jovem disse que era tratada com muita agressividade na frente de outras pessoas, mas que fora do trabalho, recebia ligações do parlamentar.

Segundo a denúncia, ele ligava questionando assuntos pessoais como a vida amorosa e “referências sexuais” da jovem. A assessora afirmou que, como se negava a falar sobre tais assuntos, o parlamentar ficava muito nervoso e chegou a ameaçá-la por diversas vezes. Ela relatou ainda que o Vereador Markin das Bananas pedia para que cedesse pois havia várias mulheres querendo sair com ele e que sua esposa jamais desconfiaria, pois ele também conhece a família dela.

A reportagem do Patos Hoje fez contato com vereador pelo whatsapp para que ele falasse sobre as acusações. Ele visualizou as mensagens, mas não enviou resposta. O posicionamento do parlamentar será postado aqui, assim que for enviado.

O Patos Hoje também fez contato com a ex-assessora, mas ela também preferiu não conceder entrevista para falar sobre o caso.

Maurício Fernandes/Patos Hoje

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn